Caco Barcellos: o terceiro jornalista mais premiado de todos os tempos

Há  mais de 20 anos, o jornalista, repórter e escritor, com especialidade em jornalismo investigativo e documentário, é destaque no cenário nacional 

Caco BarcellosEm 5 de março de 1950, nascia na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Cláudio Barcelos de Barcelos, conhecido hoje como Caco Barcellos. O jornalista, repórter e escritor, com especialidade em jornalismo investigativo e documentário, iniciou sua vida na periferia de sua cidade natal, na Vila São José de Murialdo, e demonstrava uma constante indignação com brutalidade policial que presenciava no local.

No jornalismo, iniciou seus trabalhos como repórter no jornal “Folha da Manhã”, que pertencia o grupo Caldas Júnior. Caco Barcellos, durante os anos 70, teve uma destacada atuação na imprensa alternativa e foi um dos fundadores da Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre. Fora isso, criou a revista “Versus”, publicação que tinha o objetivo de apresentar grandes reportagens sobre o continente latino-americano.

Ele também trabalhou como repórter para as revistas “Veja” e “Istoé”, e atuou como correspondente internacional na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA), durante seis anos. No ano de 2001, Barcellos deixa os EUA para se tornar correspondente da Rede Globo de Televisão em Londres.

O jornalista também atuou em programas tradicionais, como o Jornal Nacional, Fantástico e Globo Repórter.

 

Livros

Como escritor, uma de suas obras de mais destaque é o livro Rota 66, onde o jornalista passou cerca de oito meses pesquisando, sendo vítima de inúmeras ameaças por denunciar a truculência da Polícia Militar do Estado de São Paulo nas periferias da cidade.  Na pesquisa, Barcellos identificou 4.200 delinquentes e jovens assassinados pela polícia paulistana, e após o lançamento do livro, precisou sair do país, pois causou descontentamento em diversos coronéis da PM.

E foi por essa obra, e também pelo livro “Abusado”, que Barcellos recebeu o Prêmio Jabuti, de melhor livro de não ficção do ano.

 

Prêmios

Caco Barcellos é o terceiro jornalista mais premiado de todos os tempos, segundo ranking do grupo Jornalistas & Cia. Recebeu o Troféu Especial das Nações Unidas, conferido aos cinco jornalistas que mais se destacaram na defesa dos direitos humanos nos últimos 30 anos no Brasil.

Por cinco vezes foi eleito, pelo site comunique-se, o melhor correspondente internacional e melhor repórter da TV brasileira.

 

Profissão Repórter 

Atualmente o jornalista está a frente do programa “Profissão Repórter”, da Rede Globo, onde Caco Barcellos e uma equipe de jovens jornalistas vão às ruas para mostrar os desafios da rotina dos repórteres durante a cobertura de um fato. O programa começou a ser exibido todos os domingos, como um quadro do Fantástico, em maio de 2006. Entretanto, o formato já havia sido testado em um especial sobre o trânsito levado ao ar no Globo Repórter, e a partir de junho de 2008, passou a ocupar espaço semanal na grade de programação da TV Globo.

One thought on “Caco Barcellos: o terceiro jornalista mais premiado de todos os tempos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *