Encerramento das Avaliações dos Acadêmicos da Uniuv é na Primeira Semana de Julho

Repórter: Lucas Polak

Final de semestre normalmente é a época em que os acadêmicos passam as noites estudando. Tempo de colocar em prática tudo o que aprenderam no último bimestre semestral.

No Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), o calendário de ensino exige que os professores avaliem os alunos com provas e trabalhos. Alguns alunos estão acostumados com a dedicação a mais para estudarem os assuntos de sala de aula. A acadêmica de Publicidade e Propaganda Luana Sznicer, que está no último ano de faculdade, comenta que nesse semestre a maior preocupação é o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). “É um trabalho bem complexo, que precisamos desenvolver e, além dele, ainda temos as outras disciplinas, nas quais temos trabalhos e provas também”, disse. Ela ainda conta que nos primeiros anos era mais tranquilo. “A única preocupação era com os trabalhos e provas, no ano passado já tivemos o estágio, que era uma preocupação a mais.”

O acadêmico do primeiro ano de Jornalismo, André Piskorz, é experiente no método de estudos da faculdade. Ele é formado em Administração, mas comenta a diferença em relação aos colegas de sala que estão iniciando agora na faculdade. “As dificuldades sempre ocorrem independentemente do curso que está fazendo. Pelo fato de eu já ter uma graduação, isso acaba amenizando um pouco essa pressão do final do semestre, percebi que alguns colegas meus que estão na primeira graduação estão preocupados com o ritmo acelerado do fim do bimestre”.

A Uniuv não tem como formalidade a exigência de uma semana exata de provas. Mas, normalmente as avaliações são nos últimos dias para o fechamento das notas. Matheus Martins está cursando o terceiro ano do curso de Ciências Contábeis, explicou que as provas são para ver como o aluno desempenhou durante o semestre e que no final do semestre quase não sobra tempo para estudar, por isso prefere provas aleatórias ao contrário de todas em uma só semana. “Com toda certeza, prefiro fazer uma prova por semana do que cinco em uma só”.

A acadêmica Luana Wendt, também está finalizando o curso de Publicidade e Propaganda, apesar da preocupação com TCC, a segurança em que tudo irá terminar bem é das melhores possíveis. “Como eu estou no último ano, o final desse semestre está complicado por ter que conciliar matérias pendentes com a elaboração do TCC. O fato de sempre procrastinar as atividades é o que acaba complicando essa reta final, mas com empenho e dedicação tudo dá certo, por isso me vejo bem preparada para desempenhar as provas e trabalhos finais”, finalizou.

A preocupação dos acadêmicos é bem diversificada, muitos deixam apenas para a reta final para estudarem, outros iniciam os estudos desde a primeira aula e tem também aqueles que apenas prestando atenção nas explicações dos professores conseguem colocar em prática tudo o que aprenderam em decorrer do semestre. A caloura de Jornalismo Cláudia Burdzinski, comenta que antes de entrar na faculdade achava que era mais difícil, mas depois que as aulas começaram ficou tranquila. “Não estou sobrecarregada como alguns alunos ficam nas semanas de prova. Meus professores souberam analisar bem as datas de prova e os conteúdos, então está super de boa, não estou sentindo dificuldade”, finalizou dizendo que o segredo é prestar atenção durante as aulas. “Eu não estudo para prova, sempre busco prestar atenção nas explicações e fazer algumas anotações para poder encaixar tudo”.

Com a paralização nacional dos caminhoneiros, os calendários de ensino das aulas foram alterados, pois durante a greve as aulas foram suspensas por cinco dias, com isso o prazo de entrega de todas as avaliações encerra no dia 06 de julho de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *