Professores do Curso de Jornalismo lançam livros

Repórteres: Karoline Bertotto e Marcelo Kloczko – acadêmicos do 6º semestre de Jornalismo Uniuv

 

Na quarta-feira, 07 de novembro, os professores de Jornalismo do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), Angela Farah e Lúcio Passos, lançaram seus livros pelo Conselho Editorial da Uniuv.

O evento foi realizado no Clube 25 de julho e contou com a participação de números musicais e culturais, além da também professora da Uniuv, Sandra de Paula e Souza, que esteve presente para lançar seu livro ‘Oficina Pedagógica – O despertar para a educação turística municipal’.

Cada um contou com alguém que os apresentava, para logo em seguida falar um pouco sobre a sua obra e o desenvolvimento. O professor Lúcio foi apresentado por seu irmão, Murilo Passos, e a professora Angela pela professora Ana Cristina Bostelmam.

Segundo Jussara Leite, membro do Conselho Editorial da Uniuv, as obras foram selecionadas por acreditar que seriam de amplo interesse e bem utilizadas. O processo de produção dos livros começou há uns dois anos e envolveu várias pessoas, entre elas, Fahena Porto Horbatiuk, presidente do Conselho, que fez as revisões, e a própria Angela que fez a preparação do seu livro e do colega Lúcio Passos. “Acho que as obras como um todo ficaram muito atraentes. Cumpriu a nossa expectativa”, afirma.

As duas obras são o resultado de pesquisas realizadas na produção do mestrado. O livro de Lúcio, “Produção de sentido em fotografia”, fala exatamente da leitura de imagens fotográficas inseridas no contexto jornalístico. “Parti da definição do que queria estudar, escolhi objeto, busquei embasamento e iniciei o processo de análise”, conta o professor. Para ele, poder finalmente lançar sua obra dá a sensação de dever cumprido. “Como professor e pesquisador é minha obrigação compartilhar o conhecimento adquirido”, acredita.

 “A imagem da criança na imprensa – Um estudo dos jornais Folha de São Paulo e o Estado de São Paulo” é o título do livro da professora Angela Farah, fruto também, de uma longa pesquisa realizada em seu mestrado. No livro, Angela analisa imagens de crianças, utilizadas nos dois maiores jornais de São Paulo e como elas produzem sentido no entendimento do público. Para Angela, a sensação de lançar um livro é de estranheza, pelo conteúdo ter sido feito em sua dissertação, antes do livro. “Mas é muito bacana, porque a decoração, a diagramação, é em forma de livro, e eu acho que o trabalho fica muito mais fácil para as pessoas consultarem”, explica. De acordo com a professora, foram aproximadamente dois anos para preparar e adequar todo o material da dissertação para o livro, que acredita ser interessante a todos aqueles que estudam ou trabalham com comunicação, representação, fotografia e análise.

Os dois professores, não descartam a possibilidade de novos livros futuramente. “Talvez possa, no futuro, transformar outra pesquisa em livro”, afirma Lúcio. Já Angela, pretende escrever livros reportagens ou até mesmo transformar sua próxima pesquisa, o doutorado, num outro livro.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *