Homenageada pela Alvi ministra palestra sobre rádio

Repórter: Mayara Mugnol – acadêmica do 6º semestre de Jornalismo

No dia 13 de setembro, os alunos do curso de Comunicação Social do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv) e do curso de História, da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv), participaram de uma palestra sobre a história do rádio, na sala de eventos da Uniuv.

A palestrante foi a Jornalista e pesquisadora Zélia Maria Nascimento Sell. Ela falou sobre a história do rádio e seus trabalhos desenvolvidos no estado do Paraná. Zélia foi homenageada e escolhida para receber o prêmio de reconhecimento Comenda Pinhão do Vale, da Academia de Letras Vale do Iguaçu (Alvi). A palestra foi mais uma das atividades promovidas pela Academia, que constantemente  faz sessões culturais homenageando personalidades locais e regionais.

Zélia conta que a ideia de trabalhar com o rádio não foi intencional. Ela trabalhava no Instituto Casa da Memória em Curitiba e tinha contato com a Rádio Educadora. Muitas histórias eram discutidas no Instituto e a população não tinha acesso a elas. Foi com o intuito de compartilhar essas histórias com as outras pessoas que Zélia conheceu a locução.

Segundo a presidente da Alvi, Leni Trentim Caspari, a pesquisadora e Jornalista Zélia foi escolhida para ser homenageada devido ao seu trabalho de pesquisa, história, literatura e jornalismo que vem realizando no estado do Paraná.

O rádio pode ser considerado o mais popular meio de comunicação, de maior alcance do público e um dos mais antigos. Possibilita que as pessoas possam ouvir as mensagens sonoras e faladas simultaneamente sem interromper suas atividades. A comunicação do rádio é imediata. As mensagens chegam ao público em um tempo relativamente curto, e seu conteúdo está aberto para todos os ouvintes. Para Leni, a jornalista Zélia é, sem dúvidas, uma grande divulgadora de conhecimento. A ideia de compartilhar as experiências dela com os acadêmicos reforçou o que eles aprendem em sala de aula. “Pelo fato da cidade ter o curso de Comunicação Social e de História, a Alvi optou por realizar a palestra com a participação dos alunos para que eles pudessem trocar conhecimento e ter sugestões em suas futuras pesquisas e TCCs”, explica Leni.

Receber um prêmio é sempre muito gratificante. Zélia disse que estava  emocionada e tremendamente envaidecida por estar recebendo o prêmio Comenda Pinhão do Vale.

Conheça mais sobre a palestrante e homenageada

Zélia é formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Pós- graduou-se em Administração com Ênfase em Planejamento Governamental pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Trabalhou em vários jornais e revistas, na Prefeitura de Curitiba. É membro efetiva e assídua do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná desde 1999, tendo exercido cargo de diretora de pesquisa. No ano de 2009 escreveu e publicou livro “Altdeutschen – A História Que Não Foi Contada” sobre os pioneiros alemães de 1829 Desde 2002 produz e apresenta o programa “Nossa História” transmitida pela rádio Paraná Educativa AM 630 aos sábados às 18h. O programa foi reconhecido pelo World Council Open, da Organização das Nações Unidas (ONU),como tecnologia social de grande eficácia. Por conta do programa de rádio e do livro recebeu vários prêmios.

Foto: Marcelo Lara – Rádio Educadora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *