Talento Jornalismo: Alunos da Uniuv realizam trainee da RPCTV

Dois acadêmicos já passaram pelo Programa, outra aluna aguarda a última lista de aprovados para o Talento Jornalismo 2014

Repórter Bruna Kobus: acadêmica do sexto semestre de Jornalismo

O Curso de Comunicação Social Habilitação em Jornalismo do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv) a cada ano aumenta a lista de alunos exemplos. E para confirmar basta ver quais são os nomes dos aprovados no Talento Jornalismo do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM) desde 2010.

murilo
Murilo Souza conta que trainee do Talento Jornalismo deve ser esforçado, dinâmico e determinado (Reprodução Facebook)

O pioneiro da Instituição, Murilo Souza, passou no Talento Jornalismo no último semestre da faculdade, em 2010. Mesmo sem saber exatamente como era a avaliação decidiu se inscrever. “Foi uma colega de faculdade que viu a propaganda na TV e me incentivou a fazer a inscrição. Depois disso fui pesquisar e decidi arriscar”, conta.

Por estar atarefado com o Trabalhado de Conclusão de Curso (TCC), Murilo não montou um cronograma de estudos, mas afirma que a atenção nas aulas fez toda a diferença durante as avaliações e ao longo do Programa. “Não só o conteúdo de sala de aula, mas o senso crítico que a gente desenvolve ao longo da faculdade. Isso também é muito importante, porque durante o trainee ocorrem muitos debates, as aulas exigem a participação do aluno e você deve estar preparado para argumentar.”

Após aprovado, foram mais quatro meses na capital paranaense estudando. “Foram dois meses de teoria, com aulas sobre os mais diversos assuntos específicos do Jornalismo e temas gerais, como Direito e Ética. Depois houve a divisão da turma, metade foi para a prática na Gazeta do Povo e a outra metade para a RPCTV. O objetivo é capacitar e desenvolver o profissional para atuar preferencialmente nos veículos do Grupo Paranaense de Comunicação.”

São três cursos de capacitação, Jornalismo Multimídia, Televisivo e Reportagem Cinematográfica, Murilo cursou Jornalismo Televisivo, pois era a área que pretendia trabalhar. “Como sonhar não custa nada, sempre me imaginava atuando em uma grande emissora, só não esperava que tudo acontecesse tão rápido. Em pouco mais de dois anos de formado já fiz muita coisa, por isso só tenho a agradecer pela oportunidade, mas claro que quero muito mais”, completa Murilo.

Hoje, Souza trabalha na RICTV, afiliada da Rede Record em Santa Catarina, onde começou após dois meses de formação no trainee da RPCTV. “Entrei em julho de 2011 na sucursal de Rio do Sul, região de Blumenau, onde permaneci até junho de 2012. Fui transferido para a TV de Chapecó, no Oeste do estado onde estou até hoje. Sou repórter e eventualmente apresento os telejornais ao meio-dia e a noite.”

Murilo é um grande incentivador para que novos alunos da Uniuv se interessem pelo Programa Talento Jornalismo.

Depois do primeiro …

crisseli
Criselli entrevista Arnaldo Antunes durante o trainee da RPC. A reportagem foi ao ar na programação da ÓTV (Reprodução Facebook)

Outra aluna que também compõe o banco do Talento Jornalismo é Criselli Montipó. Formada em Jornalismo pela Uniuv e Mestre em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, Criselli foi aprovada no trainee em 2012 e cursou o Programa este ano. “O curso foi incrível e o retorno profissional também. A fase teórica em São Paulo e Curitiba é integral. No começo tem o curso presencial em SP no Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS). Depois, ao voltar para Curitiba, há mais uma etapa de curso teórico de mais de um mês, ambas as etapas o dia todo, 8 horas por dia. Na fase prática as turmas se dividem (TV, online e impresso) e a carga horária se adequa ao veículo em que você estiver atuando”, explica Criselli.

E assim como Murilo, Criselli também espera ver mais colegas da Uniuv participando do trainee. “Torço que outros egressos da Uniuv participem do programa. Nossa formação, na Uniuv, prepara para o mercado de trabalho de forma geral, pois temos bons professores e uma formação humanista – características valorizadas no Programa Talento Jornalismo.”

Contando com isso, a acadêmica do oitavo semestre de Jornalismo, Thais Lima, é mais uma candidata da Uniuv que aguarda o resultado da prova presencial do Talento Jornalismo realizada no dia 19 de outubro em Curitiba. “A primeira fase foi uma prova online, não era difícil, mas tinha a pressão do tempo, pois tem dois minutos para responder cada questão.”

Contudo a prova presencial, a qual espera o resultado, é voltada especificamente para área de atuação no trainee. No caso de Thais a área de Jornalismo Televisivo também a encantou. “Tudo me encaixa para o impresso, mas eu tive a curiosidade de tentar TV e se é para eu aprender ali (Talento Jornalismo) sei que é o lugar certo.”

thais
Thaís Lima se forma este ano e aguarda ansiosa pelo resultado do Talento Jornalismo 2014 (Reprodução Facebook)

Sobre o conteúdo Thaís dá uma dica: acompanhar os jornais durante a semana. “Caiu muito atualidade, se você lê jornal vai saber as respostas”, comenta.

Thais Lima ainda conta que matérias como Artes e Economia também fazem parte dos questionários online.

Outra dica é de Criselli, que se está se preparando para o doutorado e atualmente cursa especialização em Jornalismo Literário. “O Programa Talento Jornalismo ajuda na preparação para o mercado, mas tudo depende de você. Na nossa profissão, não dá para parar, tem que se aperfeiçoar sempre”, finaliza.

Talento Jornalismo

Programa para acadêmicos e egressos, o Talento Jornalismo é um programa de capacitação e retenção de profissionais na área do Jornalismo. Quem pode participar? Apenas alunos de Jornalismo que estejam cursando o último ano de graduação ou profissionais já formados na área. O curso tem duração de quatro meses e é realizado em Curitiba.

São quatro etapas de seleção: prova online, prova escrita, aprovação nas aulas teóricas, teste de vídeo e formatura.

As inscrições são abertas todos os anos a partir do segundo semestre. Após a inscrição o candidato é direcionado automaticamente para a página de avaliação online. Se for aprovado receberá um e-mail com local e data da prova presencial.

Os nomes dos aprovados no Talento Jornalismo 2014 serão divulgados em dezembro.

 

 

Projeto Envolver entrega 150 brinquedos para crianças do São Bernardo do Campo

Acadêmicos de Jornalismo e Publicidade da Uniuv finalizaram a primeira campanha voluntária da marca Envolver neste mês

Repórter Bruna Kobus: acadêmica do sexto semestre de Jornalismo 

Depois de cinco meses divulgando a primeira campanha do voluntariado universitário do Curso de Comunicação Social da Uniuv, os alunos de Jornalismo e Publicidade da Instituição, que fazem parte do Projeto Envolver, entregaram no dia 9 deste mês 150 brinquedos para crianças do Bairro São Bernardo do Campo em Porto União. Cerca de 120 crianças participaram da entrega.

Alunos de Odontologia da Uniuv também participaram do Projeto com orientações sobre higiene bucal
Alunos de Odontologia da Uniuv também participaram do Projeto com orientações sobre higiene bucal

Mas, não foram só os brinquedos que fizeram a tarde de sábado ser especial para os pequenos. Antes da entrega, os voluntários organizaram um dia de recreação, com brincadeiras, orientações e também lanchinhos.

As crianças pularam na cama elástica, pintaram as bochechas com o símbolo do Batman, ganharam Kits para a higiene bucal e também pararam para comer cachorro quente e tomar refrigerante.

Segundo a aluna do segundo semestre de Publicidade e Propaganda, Marília Stasiak, o Envolver não foi apenas um projeto para doações. “O Projeto é muito mais que doar brinquedos, é doar alegria, e hoje é o dia que a gente está vendo essa alegria no sorriso de cada uma dessas crianças”, afirma.

Os alunos chegaram logo cedo no Bairro. Na manhã de sábado, 9, eles estavam no pavilhão da Igreja do São Bernardo para cortar os pães para o cachorro quente e deixar tudo encaminhado para a tarde de diversões. Porém, todo o trabalho do Projeto não atrapalhou em nada a vida dos acadêmicos, ao contrário, animou mais ainda. “Participar do projeto foi muito gratificante, ver o sorriso das crianças, não tem valor algum que pague e a sensação de dever cumprido”, conta a voluntária e acadêmica do quarto semestre de Publicidade e Propaganda, Juliana Gohl.

Durante a Campanha, acadêmicos de Comunicação receberam orientações da Professora Fahena Porto Horbatiuk
Durante a Campanha, acadêmicos de Comunicação receberam orientações da Professora Fahena Porto Horbatiuk. Na foto (esquerda para a direita) estão Matheus Iltchechen, Marina Costa Joly Banhara Lucas Ferreira, Juliane Gohl, Marília Stasiak, Mariane Huryn junto com a professora Fahena Porto Horbatiuk

 

E agora?

Este foi o primeiro ano do Projeto Envolver. A marca do voluntariado acadêmico de Comunicação Social da Uniuv tem ação continuada. “O Envolver é um voluntariado dos alunos de Comunicação da Uniuv, tanto de Jornalismo quanto de Publicidade, e é um programa que todos os anos os alunos vão criar uma campanha social para a marca”, afirma Lucas Ferreira, voluntário e acadêmico do segundo semestre de Publicidade e Propaganda.

Lucas ainda pede para que todos os acadêmicos da Instituição se mobilizem e participem do Envolver. “Não é um programa só de Comunicação, a gente quer que alunos de todos os cursos participem”, convida.

E para o ano que vem, os voluntários já organizaram uma ação para ser desenvolvida pelo Projeto. “Em 2014, em parceria com o Curso de Engenharia Ambiental da Uniuv vamos trazer a Hora do Planeta para União da Vitória”, divulga Lucas.

Veja como foi a tarde recreativa no Bairro São Bernardo do Campo:

Semana da Comunicação: Marca “Uniuv” é reconstruída pelos alunos de Publicidade e Propaganda

Bruna Kobus – acadêmica de Jornalismo do 6º semestre 

Mão na massa!

Os dois primeiros dias da Semana da Comunicação foram bem agitados para os alunos do curso de Comunicação Social do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv). Na segunda-feira, 7, a agência de publicidade e comunicação digital Glóbulo, apresentou seu trabalho e alguns conceitos da Agência.

Durante a palestra, Alex Lima e Manuella Paula falaram sobre os Brands: Brand Essence; Brand Concept; Brand Design e Brand Presentation. Também conversaram com os alunos sobre a importância de trabalhar o cliente para as promessas, elas devem ser algo a ser cumprido. É o que explica Lima: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Já na terça-feira, 8, os alunos tiveram de correr contra o relógio para conseguir finalizar as tarefas do Workshop da Glóbulo. Várias idéias foram repassadas para os alunos durante as apresentações da primeira noite, mas essas idéias tinham de ser colocadas em prática. Por isso a noite de terça-feira foi bem trabalhada.

Os alunos de Publicidade e Propaganda receberam a tarefa de desconstruir e reconstruir a marca de um cliente. Mas, o que eles não esperavam é que iriam trabalhar conceitos para a Uniuv. Acompanhe a fala do professor do Curso, Robson Fogaça: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O trabalhão foi “pancadão”, segundo a publicitária da Glóbulo, Manuella –  Manu. O que é feito em quatro meses com um cliente, foi transformando em oito horas de Workshop, mas na Uniuv a adaptação foi bem mais radical, os trabalhos dos alunos tiveram de ser realizados em um período de três horas. É o que explica Manu.http://youtu.be/9fGI99E95RY

Alex também falou um pouco sobre o objetivo do Workshop e elogiou o Curso que obteve nota máxima no Enade. http://youtu.be/5yNJeaWAPx0

Para o aluno de Publicidade Olavo Contim, a Semana de Comunicação é um escape do mundo virtual: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Mas, não foram somente os alunos que participaram das atividades, egressos também prestigiaram o Workshop. Luiz Stork que já é formado e atua na área como freelancer foi um deles: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Fotos: Lúcio Passos 

Além da Glóbulo, Rodrigo Lóssio da Dialetto também ministrou palestra para os alunos de Jornalismo e realizou um Workshop em Assessoria de Imprensa e Marketing Digital.

Lembrando que a Semana ainda não acabou, hoje à noite tem mais!

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Empresas de comunicação digital realizam Workshops durante a Semana da Comunicação 2013

Glóbulo e Dialetto trabalham no ramo da comunicação segmentada no estado de Santa Catarina

Bruna Kobus: acadêmica do 6º semestre de Jornalismo

logo-semana-comunicacao-uniuvEste ano, não tem Madrugadão Criativo (uma noite inteira de atividades envolvendo a comunicação), mas tem workshops na Semana da Comunicação.  A edição 2013 do evento, traz para o Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv) empresas de renome  na comunicação digital de Santa Catarina.

As duas agências que são convidadas para ministrar workshops na Semana trabalham com comunicação estratégica. A Glóbulo faz o diagnóstico e posicionamento de marcas que já estão no mercado, e a Dialetto trabalha com assessoria de comunicação segmentada em tecnologia.

A Semana da Comunicação 2013 começa no dia 7 de outubro e segue até o dia 11. Nos primeiros dias, segunda e terça-feira, os alunos já vão entrar no ritmo puxado dos workshops. “São produtos que as empresas vendem para os seus clientes. Quando estava em Floripa, queria fazer o Workshop, mas não pude. Acho que durante a Semana de Comunicação vou ser um pouco aluno também”, brinca o professor de Publicidade e Propaganda, Robson Fogaça, um dos organizadores do evento.

Serão dois dias de oficinas com tempo cronometrado. Segundo Fogaça, os alunos devem ser pontuais, pois se o tempo for reduzido a programação não será realizada por completo. “São minutos contados no relógio, começa às 19h e termina às 22h30”, completa o professor. O conteúdo dos Workshops ainda não foi divulgado para os alunos, apenas os nomes de quem irão ministrar. Pela Glóbulo vem Alex Lima e Manuella Paula, e pela Dialetto, vem Rodrigo Lóssio, que é diretor e jornalista da Agência.

Robson Fogaça explica o objetivo dos workshops:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Extra: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Mais moderna Agexcom procura fidelizar alunos de Comunicação

Com projeto já em andamento para a reforma da Agência, professores apostam em novo visual para que alunos sintam-se mais confortáveis em desenvolver trabalhos de boa vontade

Bruna Kobus – acadêmica do 6º semestre de Jornalismo

PROPOSTA A 1Paredes de cores claras, prateleiras amarelas, mesas espaçosas, daquele jeito que publicitário gosta e cadeiras que acompanham um estilo Wassily. Esse é o cenário, ou parte dele, que a Agência Experimental da Uniuv (Agexcom) vai se transformar. Os armários foscos e de compensado vão dar lugar a mobílias ergométricas e modernas, sem contar nas luminárias que vão explorar mais o espaço da sala, que já é pequena, oferecendo ambientação e aproveitamento de luz. “A gente quer uma ambiente agradável, que tenha espaço para a criatividade, seja interessante, que desperte a vontade do aluno em estar ali dentro e que as pessoas que passam olhem e se perguntem como eu faço parar trabalhar nessa sala. Pois a nossa maior dificuldade é segurar alunos na Agex, então se é um trabalho pela boa vontade, por que não em um lugar bacana?”, questiona o professor e um dos responsáveis pela transformação da Agexcom, Robson Fogaça.

Mas, uma reforma como essa não custa barato, com toda certeza o valor final da obra vai ser pesada, como confirma a professora do curso de Arquitetura da Uniuv, Eliziane Cappeleti. “Se tratando de um projeto de interior, o qual está sendo estudado um novo piso, papéis de parede, iluminação e mobília geralmente sai um pouco caro, suponho que o custo final seja de R$ 20 mil já com a mão de obra.”

Mais econômico, Fogaça aposta em um gasto de 5 a 8 mil reais, mas brinca que isso não é a martelada final, é “apenas um chute”. “Como é uma Instituição Pública licitações vão ser abertas e o orçamento mais barato ganha”, diz.

Ainda segundo o professor a previsão é que para início de 2014 a obra da sala já esteja caminhando para a finalização.

O projeto vencedor também trabalha com a possibilidade de trocar materiais para baixar o custo da reforma:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Do antigo ao moderno
A ideia de reformar a Agex já estava nos planos de alguns professores do colegiado de Comunicação. Foi quando em um intervalo, nas salas dos professores, a coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda, Julliana Biscaia, o coordenador do curso de Jornalismo, Lúcio Kürten dos Passos, e o professor Robson Fogaça tiveram a ideia de convidar o pessoal de Arquitetura, da própria Instituição, para elaborar um projeto arquitetônico para reformar o interior da Agência. A professora Eliziane prontamente aceitou o desafio, mas na época, seus alunos não deram muito atenção ao projeto.

Um edital para o nono semestre de Arquitetura foi lançado, porém nenhum acadêmico fez a inscrição. Mas, o colegiado de Arquitetura criou a Escritório Modelo de Arquitetura da Uniuv, Ângulos, e os alunos precisaram de alguns serviços publicitários. Aí, entrou a Agexcom com seus trabalhos. “Foi uma permuta, nós entramos com a publicidade e eles com o projeto de arquitetura. Demos uma marca, logo e conceito para o escritório modelo e eles (acadêmicos de arquitetura) nos deram dois projetos para a reforma da Agexcom”, conta Fogaça.

Robson fala sobre o processo de escolha do projeto:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A escolha dos projetos foi feita pela fanpage do curso de Publicidade no Facebook. Com um layout contemporâneo a Proposta A venceu por 55% dos votos em cima da Proposta B. Funcionava assim: as ilustrações com os novos ambientes da Agência foram publicadas no Facebook, a imagem que tivesse mais likes ganhava.

Lembrando que todos os alunos da Ângulos produziram os dois layouts. “São alunos que estão lá fazendo estágio, mas já são arquitetos, então assumem essa responsabilidade”, completa Eliziane.

Eliziane também avalia a importância de agências e escritórios modelos mantidos dentro das instituições de ensino:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

PROPOSTA B 1Outra finalidade
Como a Proposta B não foi a escolhida, alunos da Ângulos decidiram usar o projeto para a ambientação de uma sala que será cedida para o curso de Arquitetura, mas enquanto eles não recebem a autorização de mudança o projeto continua parado.

Alunos que participaram na formulação da nova cara da Agex:
Agnes Vollmann
Edwin Meyer
Fabiana Marinhuk
Izabeli Vieira
Jaqueline Moreno
Orientação: Professora Eliziane Capeleti

Projeto A

Projeto B

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Enaproc: Encontro Anual de Produção Científica está em sua 10ª edição

Repórter: Bruna Kobus – acadêmica do 5º semestre de Jornalismo

enaprocO Encontro Anual de Produção Científica Enaproc 2013 da Uniuv já está em sua décima edição e este ano será realizado nos dias 5 de novembro, com abertura no Cine Teatro Luz, e 6 de novembro, com apresentações dos trabalhos científicos, que serão na própria Instituição.

Alunos e professores da Uniuv vão apresentar seus Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) e também pesquisas de Mestrado e Doutorado durante o evento. O Enaproc também abrirá as portas para pesquisadores de outras instituições de ensino.

Para saber mais acompanhe a reportagem com o professor e presidente da Comissão Organizadora do Enaproc, Tiago Kohut .

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Veja mais sobre o Enaproc Uniuv no site.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Agexcom: uma vitrine real para os comunicadores da Uniuv

A Agência Experimental de Comunicação da Uniuv existe desde 2001 e hoje já faz trabalhos para clientes externos a Instituição

Repórter: Bruna Kobus – acadêmica do 5º semestre de Jornalismo

agexcom
Agexcom (Foto: Reprodução)

Este ano, a Agência Experimental de Comunicação (Agexcom) da Uniuv começou com novos alunos, novas ideias e novos orientadores. A Agência já existe desde 2001, quando o curso de Relações Públicas ainda era oferecido na Instituição. Ela ficou parada por algum tempo e, em 2005, voltou a funcionar então com acadêmicos dos cursos de Jornalismo e Publicidade.

A Agexcom tem a função de apresentar um pouco da realidade de como é o mercado de trabalho, a realidade da profissão e também para que os alunos coloquem em prática o que aprendem em sala de aula. “É como se fosse uma vitrine. A maioria dos alunos que passou pela Agex foram empregados antes de se graduarem”, disse o coordenado do Curso de Jornalismo, Lúcio Passos. E como se trata de uma Agência Experimental o trabalho não é remunerado, mas vale na construção de portfólio e também networking profissional.

História

Em 2001, os alunos de Relação Públicas (RP) deram o ponta pé inicial com as produções da Agexcom. Mas ainda era um trabalho sem compromisso. Já em 2002, a Agência começou a funcionar regularmente com alunos de Jornalismo, Publicidade e também RP. Após um ano de funcionamento as portas da Agexcom foram fechadas por quase três anos e, em 2005, novos alunos começaram as produções. De lá para cá já se passaram oito anos e muitos alunos já passaram pela Agex. Cada um em sua área. Os acadêmicos de Jornalismo cobrem matérias institucionais e os de Publicidade criam campanhas para os vestibulares da Uniuv. Alguns trabalhos fora da Instituição também já foram realizados. Um exemplo é o Centenário do Colégio Serapião. “Lá dentro a gente trabalha com campanhas e, muitas vezes, para clientes externos. Isso também depende muito da demanda que nós temos. A gente procura controlar um pouco essa entrada de campanhas em função do próprio tempo de aprendizado e de execução dos trabalhos”, disse o professor supervisor da Agexcom Robson Fogaça.

propostaa

Cara nova

No início de 2013, o professor Robson divulgou os requisitos para a pré-seleção dos novos candidatos. Hoje, estão trabalhando na Agexcom Luis Eduardo, Laís Ferreira, Gabriela Souza e Luan Roberto em Publicidade. Bruna Werle e Mayara Mugnol na área de Jornalismo e como mentores estão Marcelo Mayer e Ana Paula Bahniuk, egressos do curso de Publicidade.

propostabO ambiente de trabalho dos comunicadores da Agex também vai mudar. Na última quinta-feira, 6, os coordenados do Curso de Comunicação Social Lúcio Passos, Julliana Biscaia e o professor Robson Fogaça estiveram reunidos com uma equipe da Uniuv para analisarem os projetos de ambientação da Agexcom. Ao todo foram apresentados dois projetos, e a escolha será feita via Facebook. O projeto que receber mais likes na Fanpage da Agência

 

 

Egresso de Jornalismo investe em seu TCC e lança oficialmente seu livro reportagem

Repórteres: Bruna Kobus e Lucas Dams –  acadêmicos do 5º semestre de Jornalismo da Uniuv

fabio autografando
Fábio Rodrigues durante o lançamento da obra

Desde o primeiro ano de Jornalismo na Uniuv, Fábio Rodrigues tinha em mente escrever um livro, para ele “tinha mais cara de jornalista”. “Eu já havia feito até um esboço de um romance”, confessou. Mas a ideia só ganhou forma nos últimos dois anos do curso, no penúltimo com a produção do pré-projeto e toda a familiarização com o conteúdo a ser estudado e, no último ano, enfim, a produção do tão esperado livro.

A obra “Marcílio Dias nos corações: a história de um vilarejo” foi um projeto de conclusão de curso, que por inquietação do novato escritor não queria que seus textos fossem esquecidos. “Se um livro é produzido e lançado, o mercado está aí, aí para divulgar sua obra”, disse Fábio.   E foi assim que o recém-formado em Jornalismo ganhou o mercado de sua cidade, Canoinhas. Na noite de quarta-feira, 17 de abril, lançou oficialmente seu livro em um bar de sua cidade, intitulado de Bar do Coringa. “Achei o lugar apropriado para o lançamento, é rústico e a comunidade de Marcílio compareceu e comprou os livros, o mais importante”, contou a orientadora do escritor, Angela Farah.

Nesta noite, Rodrigues tinha levado para o Bar 75 livros. “Imprimi todos pelo Clube de Autores, igual quando imprimi para a banca do TCC. Eu paguei o que pude e tive o retorno.” Durante a produção do livro, Fábio como um bom jornalista, seguiu sua pauta e resistiu para não “viajar” de mais com tantos assuntos novos que surgiam a cada entrevista. “O livro traz a história geral da Vila de Marcílio Dias, de Canoinhas, é baseada nas histórias das pessoas, por isso não se pode dizer que seja a história completa, segui a minha pauta porque a cada entrevista surgiam milhões de assuntos novos para abordar e eu não conseguia atingir tudo”, confessou.

Conselho Editorial

Em pouco tempo o livro que conta a história de Marcílio Dias terá uma editora. A Uniuv lança em média dois livros por ano pelo Conselho Editorial e ainda este ano a obra de Rodrigues será publicada pela Instituição. “A Uniuv entrou como editora e me deu uma base, mas os exemplares ainda serão impressos pelo Clube de Autores e o livro terá algumas páginas a mais.” Fábio se referiu aos offs da história que irá publicar em seus próximos exemplares.

Novos projetos

O jornalista está divulgando seu trabalho, mas já tem em mente vários outros projetos de futuros livros, mas que, segundo ele, só está analisando a maneira correta de abordá-los.

Aumentando a coleção

Para quem quiser comprar a obra de Fábio basta acessar o Clube de Autores e finalizar a compra. Neste caso haverá frete e então se preferir comprar direto do autor basta contatá-lo em sua rede social, Facebook.