Torcidas organizadas animam os jogos intercursos da Uniuv

 

 Acadêmicos entram no clima dos Jogos Intercursos da Uniuv. Para ajudarem seus times os alunos torceram com toda sua força e criatividade.

Continue reading “Torcidas organizadas animam os jogos intercursos da Uniuv”

Jogos intercursos iniciam com muita animação na Uniuv

 

A abertura da segunda edição dos Jogos Intercursos iniciou com muita  animação dos acadêmicos. Esse ano, o número de participantes superou as expectativas.

Continue reading “Jogos intercursos iniciam com muita animação na Uniuv”

Uniuv é a segunda universidade que recebe o documentário da Guerra do Contestado “Terra Cabocla”

Acadêmicos de Comunicação Social, Secretário Executivo e História prestigiam documentário sobre a Guerra do Contestado e também o debate com o professor Lúcio, Wanilton e o egresso João Batista (JB).

Continue reading “Uniuv é a segunda universidade que recebe o documentário da Guerra do Contestado “Terra Cabocla””

Acadêmicos de Comunicação agradecem a dedicação da professora Fahena

 

Os cursos de Comunicação Social tiveram apoio incondicional da professora Fahena durante todos os anos que ela esteve na Uniuv. Por isso, homenageá-la é essencial!

Continue reading “Acadêmicos de Comunicação agradecem a dedicação da professora Fahena”

Semana de Comunicação 2015 superou expectativas e já deixa saudades

 A Semana de Comunicação 2015, que ocorreu nos dias 25 a 29 de maio, deixou acadêmicos e professores envolvidos com as palestras sobre o mercado de trabalho na área de comunicação.

Continue reading “Semana de Comunicação 2015 superou expectativas e já deixa saudades”

O desafio do Jornalismo Multimídia foi o tema da Palestra da jornalista Genara Rigotti

“É preciso pensar em como fazer um jornalismo diferente, que seja multiplataforma, ou seja, produzir notícias tanto para o impresso quanto para o digital”.

Continue reading “O desafio do Jornalismo Multimídia foi o tema da Palestra da jornalista Genara Rigotti”

Rafael Custódio foi o palestrante de quarta-feira na Semana da Comunicação

Rafael Custódio é jornalista, apresentador e editor-chefe do Jornal do Almoço da RBS TV de Joinville. Apresentou na noite do dia 27 de maio a palestra com o tema: Os desafios de quem faz ao vivo

Continue reading “Rafael Custódio foi o palestrante de quarta-feira na Semana da Comunicação”

Acontece, essa semana, a tradicional Semana da Comunicação

“O evento está muito bem organizado, foi articulado com bastante antecedência, e houve um envolvimento maior dos acadêmicos neste ano”

  Continue reading “Acontece, essa semana, a tradicional Semana da Comunicação”

Lançamento do blog de comunicação gera expectativas entre acadêmicos

 

Acadêmicos de todos os anos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda aguardam o lançamento do Blog de Comunicação para saber as novidades do curso e como está no novo layout e plataformas de organização. Continue reading “Lançamento do blog de comunicação gera expectativas entre acadêmicos”

Acadêmicos da Uniuv realizam jogo amistoso

 

Esse ano os cursos de Comunicação Social estão com uma novidade. Além de ter o Ticaricatica Show masculino, nome que os alunos deram para o time, terá também o feminino. Continue reading “Acadêmicos da Uniuv realizam jogo amistoso”

Laboratórios de Comunicação da Uniuv recebem melhorias

“Mesmo sendo um laboratório bem completo, vai receber algumas melhorias, como na questão de cabos, que precisam ter um comprimento maior, para atender a demanda da instituição”

Continue reading “Laboratórios de Comunicação da Uniuv recebem melhorias”

Calouros de Jornalismo e Publicidade participam do Trote Solidário

O trote aconteceu dentro da faculdade e os calouros deveriam criar campanhas partindo da ideia ‘Adote um veterano de rua’, para promover a adoção dos cães.

Continue reading “Calouros de Jornalismo e Publicidade participam do Trote Solidário”

Jornalismo e Tecnologia: juntos em sala de aula

2014 proporcionou aos acadêmicos de Jornalismo do terceiro ano que tomassem conhecimento sobre as novas tendências do jornalismo para o futuro Continue reading “Jornalismo e Tecnologia: juntos em sala de aula”

Jornalismo online oferece diversas plataformas, o que facilita o acesso para o leitor

O jornalismo online coleta e distribui informações por meio das redes na internet entre outros meios digitais, com rapidez e agilidade facilita o acesso para os leitores.

Continue reading “Jornalismo online oferece diversas plataformas, o que facilita o acesso para o leitor”

Caco Barcellos: o terceiro jornalista mais premiado de todos os tempos

Há  mais de 20 anos, o jornalista, repórter e escritor, com especialidade em jornalismo investigativo e documentário, é destaque no cenário nacional  Continue reading “Caco Barcellos: o terceiro jornalista mais premiado de todos os tempos”

Qual é o sentimento dos acadêmicos dias antes do TCC?

Repórter: Osmari Lopes – acadêmico do 6º semestre de jornalismo

Os formandos do curso de  Comunicação Social do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), vivem a expectativa da apresentação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs). As bancas para os acadêmicos de Jornalismo acontecem dias 9, 10 e 11 de  dezembro. Após quatro anos de muito estudo e dedicação, falta pouco, porém, a hora de fechar com   sucesso a caminhada acadêmica, traz uma de alegria, temor e  sensação dever cumprido.

trabalho 02 corte

Marcelo Kloczko, 22, depois de um ano inteiro de trabalho, conta que nos últimos dias o aluno fica meio estranho, porque parece que ainda não caiu a ficha que está acabando o curso. “Quatro anos que você estuda, se dedica e aí vem o TCC que é um ano inteiro de trabalho intenso.  Após a entrega, ainda não caiu a ficha que o ano tá acabando. Parece que a ficha vai cair após a banca final . Passa um filme pela cabeça . Nos últimos dias, temos conversado mais, lembrando de tudo que passamos juntos tudo que vivemos, das aulas,  dos professores e dos acontecimentos pessoais, a gente acaba convivendo durante esses quatro anos de estudo. Ainda não há um sentimento de nostalgia, depois da aprovação na banca final ,  vai bater uma saudade. A gente vai perceber que acabou  e restará apenas o mercado de trabalho”, descreve .

Segundo ele, após a formatura vai mudar a questão de tempo. Durante o curso, o tempo foi dividido entre estudo e trabalho”Isso pesa, agora não é apenas o trabalho. Após a formatura, a  dedicação se volta para o trabalho,  crescer profissionalmente.”  Marcelo diz que durante os quatro anos se perguntou se havia escolhido o curso certo. “Agora com o TCC pronto, vi que ficou do jeito que eu queria e  os comentários que estou ouvindo acho que fiz a escolha certa”, finaliza.

trabalho 01 cortePara a  acadêmica Thais Guimarães de Lima, 21, o aluno passa  quatro trabalhando parece que em função de chegar a esse momento e fazer  o TCC, que simboliza  o resultado de tudo o que aprendeu. “É hora de colocar em prática  mesmo tudo o que você passou , seja na área que você optou , seja rádio, TV, impresso ou online,  e colocar todo seu esforço na naquilo.  A gente sofre bastante, mas também se diverte muito, fazendo um trabalho com o tema escolhido de algo que você gosta.  E vai com tudo.  Passamos por muita coisa nesse período,  raiva,  problema com material que não deu certo, entrevista que furou  e tudo mais”, diz.   Ela ressalta que fez  um Livro Reportagem. “Peguei o material há duas semanas e, ao ver  que  o livro  veio da gráfica  todo bonitinho,   com o meu nome na capa , isso não tem preço.  Ver tudo o que você já fez.  Tudo o que passou e ver o resultado ali. Quando abri a caixa e peguei o livro, nossa, valeu a pena”, diz.

Thaís conta que passou  um filme dos quatro anos da faculdade. Com relação ao TCC, ela diz que o aluno passa por momentos bons e ruins  e por mais que sejam quatro anos, passa muito rápido.  “A gente faz amizades com os colegas, professores,  Agora vai embora , não apenas com conhecimento  mas com muitas amizades.  É bem legal. Após a formatura, tenho planos para  tentar mudar de trabalho  e crescer um pouquinho. Eu estou  fazendo alguns testes, uns trabalhos  para ir para Curitiba.   Minha intenção sempre foi  sair da cidade, estou trabalhando em um jornal  local,  que era o que eu queria até para aprender . Por em prática  o que aprendia em sala  de aula.   Meu objetivo é sair de lá e ir para um local maior.  Nesse momento em estou  visando Curitiba, que é um lugar legal para viver  e seu eu conseguir uma oportunidade , é lá que vou ficar .”

A acadêmica ainda conta que a última semana é engraçado, pois reparou que todos os anos isso acontece: todo mundo dizendo que não aguenta  mais  e não vê  a hora  de ir embora, mas ao mesmo tempo, todo mundo resolve  reunir a turma toda  ir para o bar, descontrair. “Tá acabando, mas todos sentem  que a convivência diária  também tá acabando.  O que está mais forte agora é concluir o curso e passar a banca , mas já  floresce  uma certa nostalgia , as lembrança de tudo.  Essa noção de que ta acabando realmente , essa parte de vivência . Penso que quando passar a formatura,  que é a última reunião formal,  acho que aí a gente vai sentir bastante. Nós vamos tentar reunir a turma não sei de quanto em quanto tempo , para tentar manter mesmo  a amizade que fizemos nesse período”, finaliza.

Egresso da Uniuv fica em 2º Lugar no Sangue Novo

Repórter: Lucas Dams – acadêmico do 6º semestre de Jornalismo Uniuv

sangue novo 2013O egresso do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), Marcelo de Lara, ficou entre os finalistas do 18º Prêmio Sangue Novo, com o trabalho em Comunicação Empresarial. O projeto foi realizado ainda quando Lara estava no último ano de faculdade, na disciplina de Planejamento em Comunicação Empresarial, ministrada pela professora Ana Cristina Bostelmam. Esse foi o primeiro prêmio ganho pela instituição na área de assessoria de comunicação.

A entrega dos prêmios para os finalistas foi realizada no Memorial de Curitiba no dia 30 de outubro. Lara ficou em segundo lugar na sua categoria. O Sangue Novo busca valorizar a inovação dos estudantes em Jornalismo de diversas instituições do Paraná.

Esse não foi o primeiro prêmio que acadêmicos de Jornalismo da Uniuv recebem. Em 2012, os acadêmicos do oitavo semestre ganharam um prêmio com o Blog de Comunicação, e  Kiara Domit, com Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), onde desenvolveu um trabalho em quadrinhos, e ganhou na categoria produto/projeto Jornalismo Livre, .

Em 2011, Veridiane Sander ficou com o segundo lugar na categoria projeto de telejornalismo com o tema “É hora de aprender as lendas regionais”. No ano anterior a Uniuv foi novamente premiada duas vezes, com Rodrigo Seccon, e seu portal de internet Jmais, e Camila Valéria de Lima, com o programa Retrato, produto telejornalístico.

O primeiro prêmio que o curso de jornalismo da Uniuv recebeu no Sangue Novo foi o projeto jornal para internet com o portal “bicicletas.jor.br” da acadêmica Jussara Leite.

 

Conheça mais sobre as conquistas do curso clicando aqui

Enaproc 2013: acadêmicos do 8º semestre de Jornalismo apresentam seus TCC’s

Repórter: Osmari Lopes – Acadêmico do 6º semestre de jornalismo

No segundo dia do X Encontro Anual de Produção Científica (Enaproc) do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), os acadêmicos do oitavo semestre de Jornalismo apresentaram seus Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC).

Veja abaixo a apresentação do trabalho de três acadêmicos futuros comunicólogos.

 

kk

O acadêmico, Pedro Henrique Wasilewski, 22, apresentou seu projeto, que resgatou “A História do Cine Theatro Central de Irati”. Sua orientadora é a Professora de jornalismo Ana Cristina Bostelmam. Wasilewski escolheu a categoria Grande Reportagem em Televisão para contar essa história. O acadêmico conta que o Cine Theatro Central foi determinante para disseminar a cultura de muitas pessoas. “ O Cine  Theatro Central foi inaugurado em 1920 e sua história durou 63 anos de forma ininterrupta. João Wasilewski, seu criador, era imigrante  Polonês e enquanto ele viveu, o Cine teve vida”, diz

 

 

jjBárbara Letícia Franco, 21,  apresentou seu projeto com o tema: História do Jornalismo Investigativo. A categoria por ela escolhida é Grande Reportagem Impressa para revista. Sua orientadora é a Professora de jornalismo, Angela Maria Farah. Bárbara explica que  o tema foi escolhido mesmo antes de iniciar o curso de Jornalismo. “Atualmente trabalho em um jornal de Porto União e esse tipo de trabalho me fascina. O trabalho foi legal. Minhas fontes são jornalistas  ganhadores de prêmios importantes, mas de fácil acesso”, diz.

A acadêmica destaca que sua s fontes são todas de fora, sendo dois de Curitiba e um de Florianópolis.  “Conviver um tempo mesmo que pequeno com pessoas do nível profissional de  James Alberti e Mauri Koni, foi um presente e isso me deixou ainda mais motivada”, admite.

 

Sem títuloMayara de Lima Solarevicz, 21, apresentou seu  projeto que trava sobre as Mulheres na Guerra do Contestado. Sua orientadora é a professora de jornalismo Ana Cristina Bostelmam e a categoria por ela escolhida é Grande Reportagem em TV. Mayara, diz que queria dar um foco diferente a  conhecida Guerra do Contestado.  “ Muitos  pesquisaram sobre a guerra, porém meu foco foi a participação importante das mulheres na Guerra do Contestado. Descobri coisas importantes e os interessados poderão ter uma visão, mais ampla do trabalho desenvolvido pelas mulheres na guerra”, diz.

Segundo a acadêmica, as mulheres da época, tiveram um papel significativo e não podem ficar de fora do contexto histórico. “ A Guerra do Contestado, teve a presença importante das mulheres e meu foco, é elas”.