XV Encontro Paranaense de Pesquisa em Jornalismo é realizado na UNIUV

Nos dias 17 e 18 de novembro, no Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), aconteceu o XV Encontro Paranaense de Pesquisa em Jornalismo. Na noite de abertura, teve um debate sobre os desafios que o jornalismo encontra nos dias atuais com as fake news (notícias falsas).
A palestra teve a presença do jornalista da agência Lupa, Chico Marés, que palestrou, e em seguida o debate com o representante da agência Lupa, Douglas Silveira e Samon Noyama, professor da Unespar.

Douglas explicou como funciona a agência e quais os critérios que utilizam. Disse que a Lupa é a primeira agência de notícias do Brasil a checar, de forma sistemática e contínua , o grau de veracidade das informações colocadas na imprensa brasileira. Sem nenhuma intenção de formar ou manipular a opinião, mas sim, aprimorar o debate público.

Já no segundo dia do evento foi a vez, da apresentação dos grupos de trabalho, com a presença de acadêmicos da cidade de Ponta Grossa, Paraná.
Segundo a acadêmica de Publicidade e Propaganda, Bianca Nakalski, foi a primeira vez que ela participou de um evento como esse na Uniuv. “ Acho importante a participação nesse tipo de evento, mesmo eu cursando publicidade”, conta. Para ela os cursos de Jornalismo e Publicidade andam junto em muitos aspectos. “Não dá para separar as duas coisas, pois um complementa o outro. Acho muito bacana nossa cidade ser sede de eventos grandes como este, porque isso mostra que estamos nos tornando um polo importante no estado”, enfatiza.

Fotos: UNIUV

Aulas práticas dos Cursos de Comunicação são diferenciais

Alunos de Publicidade e Propaganda aprendem a produzir e editar vídeos para empresas locais

Repórter: Paula Eliandra Partyka

 Os acadêmicos do quinto semestre de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv) iniciaram o aprendizado em Produção Publicitária em TV e Cinema I, disciplina ministrada pelo professor Fernando César Gohl. Nas aulas, eles aprenderão edição de vídeos com embasamento teórico, história da TV e cinema, roteiro, plano de câmera, entre outros.

Neste momento em específico, os alunos estão aprendendo na prática a editar vídeos, e o professor propôs a eles que produzissem seus próprios vídeos para começar a usar o software de edição, que é o Adobe Premier, específico para vídeos e ideal para este trabalho. Segundo Gohl, o tema escolhido para o vídeo foi “Dez fatos: nove verdades e uma mentira”, entrando no ritmo da brincadeira que estava tomando conta do Facebook nos últimos dias. “Algumas coisas a gente tenta fazer um comercial que possa ser colocado no ar, que vá para o Facebook ou para a TV.” Porém, Gohl diz que esse trabalho não será divulgado pois é experimental.

No ano de 2015 e 2016, os acadêmicos que hoje estão formados ou no último semestre produziram comerciais, que foram enviados para as empresas escolhidas para serem representadas. As empresas não são avisadas antecipadamente para não haver limitações por parte delas. “Pego os dados da empresa, levanto o que é preciso, do que eu imagino que seria um problema de comunicação da empresa ou sugiro apenas para divulgar a empresa e seus serviços. E, aí, a galera produz. Depois eu mando para a empesa”, completa Gohl.

O curso de Publicidade e Propaganda inclui o áudio visual em seu currículo e essa disciplina ensina o acadêmico a criar nessa linguagem, uma das mais consumidas atualmente. “O vídeo é a forma de comunicação mais completa e a tendência é transformar as coisas em vídeo”, finaliza.

Trabalho produzido pelos alunos de Publicidade e Propaganda – Uniuv 2015

 

Trabalho produzido pelos alunos de Publicidade e Propaganda – Uniuv 2016

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1066664363389554&id=916034075119251