Semana de Comunicação 2015 superou expectativas e já deixa saudades

 A Semana de Comunicação 2015, que ocorreu nos dias 25 a 29 de maio, deixou acadêmicos e professores envolvidos com as palestras sobre o mercado de trabalho na área de comunicação.

Continue reading “Semana de Comunicação 2015 superou expectativas e já deixa saudades”

Rafael Custódio foi o palestrante de quarta-feira na Semana da Comunicação

Rafael Custódio é jornalista, apresentador e editor-chefe do Jornal do Almoço da RBS TV de Joinville. Apresentou na noite do dia 27 de maio a palestra com o tema: Os desafios de quem faz ao vivo

Continue reading “Rafael Custódio foi o palestrante de quarta-feira na Semana da Comunicação”

Tiago Stachon fala sobre o mercado de trabalho para os publicitários

A semana da Comunicação segue com sucesso: terça foi a vez de Tiago Stachon falar sobre o mercado publicitário

Continue reading “Tiago Stachon fala sobre o mercado de trabalho para os publicitários”

Acontece, essa semana, a tradicional Semana da Comunicação

“O evento está muito bem organizado, foi articulado com bastante antecedência, e houve um envolvimento maior dos acadêmicos neste ano”

  Continue reading “Acontece, essa semana, a tradicional Semana da Comunicação”

Semana da Comunicação termina com Jornalismo de dados

Repórter: Lucas Dams – acadêmico do 6º semestre de Jornalismo Uniuv

Jornalismo digital. Esse foi o tema da última noite da Semana da Comunicação realizada no Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv). André Rosa foi o convidado da noite. Ele trouxe o jornalismo de dados para ser debatido com os acadêmicos. Rosa diz que devemos aproveitar as oportunidades porque o modo de fazer jornalismo não mudou o que muda é o formato.

Mais computadores para fazer o jornalismo permitem refazer a notícia e converter em fatos. O jornalista cita o pai da precisão, Philip Meyer, que utilizava o computador para inserir dados e via além do que estava apenas no papel. Os computadores apoiavam o jornalismo. Através da coleta de dados, usando técnicas das ciências sociais e da análise de bases de dados, essa especialidade do jornalismo busca introduzir elementos do método científico na rotina produtiva das notícias, o que resultaria em maior objetividade e exatidão no noticiário.

Ele também destacou que o jornalismo e os profissionais de sistemas de informações precisam trabalhar juntos. “Comunicação não vive sem sistema de informação e comunicação ajuda SI, hoje o jornalista precisa processar e relacionar, raspar dados”, complementa.  Outro destaque foi que as redes sociais são ferramentas fortes na divulgação de informações (Facebook e Twitter).

Atualmente o profissional de comunicação precisa de uma rotina produtiva, definida pelas seguintes etapas: obtenção de dados, filtragem, visualização e narração. O jornalista deu o exemplo de uma base de dados particulares. O jornalismo necessita desses bancos para retirar informações. “O The Guardian’, jornal britânico, que criou seu próprio banco de dados, onde são filtrados e retiradas dados para elaboração de pautas e notícias. Além dos bancos de dados públicos, como portais da transparência”.

Rosa é jornalista, professor universitário, mestre em comunicação pela Faculdade Cásper Líbero. Foi subeditor do site Gazeta Esportiva.Net, onde trabalhou por nove anos. Por outros cinco, passou pelo Portal Comunique-se, onde atuou como gerente de conteúdo e responsável pelos cursos na área de jornalismo on-line. Com passagens pelo Centro Universitário Sant’Anna, Universidade Cidade de São Paulo e Faculdades Metropolitanas Unidas, atualmente é doutorando pela Universidade Metodista de São Paulo, colaborador da Tracto e docente nos cursos de Comunicação Social (área de novas mídias e tecnologia) das Faculdades Integradas Rio Branco.

Semana da Comunicação: Marcos Santos ministra palestra sobre Mercado Digital Regional

Repórter: Douglas Marques – acadêmico do 6º semestre de Jornalismo Uniuv

Ontem, 10, no penúltimo dia da Semana da Comunicação Uniuv, os acadêmicos tiveram  uma palestra sobre o mercado digital regional com o rotariano, empreendedor, empreteco, sócio e diretor executivo da empresa Girafa Comunicação Interativa, Marcos Romualdo dos Santos.

Palestrante Marcos R. dos Santos
Palestrante Marcos R. dos Santos

Primeiro, Santos apresentou a equipe da Girafa, parte essencial do bom funcionamento da empresa, da qual alguns dos alunos que estavam presentes fazem parte, e explicou a razão da escolha do nome. Segundo ele, a ideia surgiu em um momento de descontração e representa o olhar adiante, o ver “por cima” que eles devem ter no mercado digital, área de atuação da agência.

Depois, utilizando como exemplo alguns familiares próximos que começaram, recentemente, a fazer uso das redes sociais, ele explicou quem são, quais os hábitos e o que buscam os internautas brasileiros, que já totalizam quase 50% da população. “Os clientes querem relacionamento “, disse.

IMG_8489Para ilustrar o funcionamento do mercado regional e a forma de trabalho da empresa Girafa, foram apresentados diversos Cases locais de sucesso. Um deles foi a Ação Grupo Ravanello, que tinha por objetivo divulgar o novo Website do grupo. Com o uso de um Totem Digital, promoções e muita criatividade, em pouco tempo eles conseguiram que 1,5 mil pessoas se cadastrassem para receber informações do Grupo, o que se reverteu em 95% de convergência dos cadastrados para o novo site.

IMG_8499
Aline Graef, Social Media da Girafa Comunicação Interativa

Outro Case apresentado, desta vez pela convidada presente da equipe, Aline Graef , social media da empresa, foi a da 4Play Eventos. Aline contou como eles conseguiram, em uma úncia ação quase sem custos, por meio da rede social Facebook, que 14% da população local (12,584 mil pessoas) participassem de uma promoção específica para um Show.

Com relação ao uso da rede social mais popular do mundo, Santos alertou que é preciso estar atento para a diferença entre quantidade e resultado. “ Não importa quantos likes você tem. Importa a segmentação desse público”, explicou. A Importância do Planejamento das ações foi outro tópico bastante enfatizado, e o palestrante usou de exemplos reais para  demonstrar que, sem antever as consequências dos passos no mercado digital, os resultados podem ser bastante desastrosos.

Antes da sessão de perguntas e respostas, os presentes assistiram a um vídeo, uma reflexão acerca da vida digital e a real. O vídeo pode ser visto no link abaixo:

 

 

Galeria do evento:

Primeira palestra da Semana da Comunicação desconstrói a ideia de que internet é um universo simples e fácil de usar

 Comunicação digital é mais que usar as ferramentas da internet: é saber usá-la profissionalmente

Repórter: Bruna Tretto – acadêmica do 6º semestre de Jornalismo Uniuv
benttiA segunda edição da Semana da Comunicação começou com dois dias interativos de workshops – realizados nos dias 7 e 8 – onde os acadêmicos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, puderam compartilhar conhecimentos e experiências com profissionais da área. (Confira as matérias das repórteres Bruna Kobus e Mayara Mugnol).

No terceiro dia desta semana especial – quarta feira, 9 – os futuros comunicólogos desfrutaram de uma palestra ministrada pelo publicitário Rafael Bennett.

Bennett é sócio e Diretor de Criação e Planejamento da Aldeia, uma agência de comunicação digital situada no Estado do Rio Grande do Sul, que atua há 17 anos no mercado . Durante a palestra, o Publicitário, mostrou a verdadeira importância e relevância que a internet possui nos dias atuais, principalmente no universo profissional, quebrando o paradigma de que a internet é um universo simples e fácil de usar, ou “meu sobrinho consegue fazer isso também”, como ele mesmo preferiu dizer. A palestra mostrou aos acadêmicos que a internet é um mundo complexo e exige um grau de profissionalismo muito grande para ter referência nesse novo mercado.

Outro aspecto importante que Bennett frisou, foi a importância das redes sociais, como o Twitter, Instragram e principalmente o Facebook. Na Era Digital, o Facebook não é apenas um meio de conhecer pessoas, divulgar e curtir informações pessoais e conhecimentos de mundo. “Finalmente as marcas descobriram o poder das redes sociais. Mas hoje não basta criar uma conta nas redes sociais, é preciso ter conteúdo que interesse o publico”, falou.

O Brasil é um os países em que a população mais utiliza as redes socias – em preferência o Facebook. Esta ferramenta foi o grande “up” adquirido pelas marcas e pessoas famosas. Pois, além da instantaneidade, o Facebook proporciona o diálogo entre vendedor e cliente, fã e famoso. “Para as empresas isso foi uma ferramenta muito importante. O que o consumidor não gostam ele opina e as marcas gostam disto. Isto faz elas crescerem”, comenta Bennett.

A Aldeia trabalha com clientes e marcas famosas reconhecidas mundialmente. Como: Colcci e Fórum – marca de roupas e acessórios; Giba – jogador e capitão da liga mundial de Vôlei do Brasil; Springer Carrier – ninguém menos que os inventores do ar condicionado; e Gisele Bündchen – modelo, atriz, filantropa e empresária brasileira. “O grande sucesso destes trabalhos é graças a amizade e o “tesão” que a equipe tem pelo que faz.”

Bennett conta que recebeu uma ligação da produtora de Gisele, porém quase desligou o telefone achando que se tratava de um trote. Mas, a modelo marcou uma reunião e fez a proposta para a agência de Bennett. Desde então – há 11 anos – sua agência cuida e toda comunicação Digital de Gisele. “A carreira dela nasceu junto com a nossa agência. Acompanhamos a Gisele modelo, Gisele Mãe e agora Gisele protetora dos animais.”

Para exemplificar a importância da comunicação digital, Bennett mostrou um trabalho que sua agência fez para a modelo, usando o Facebook. Em uma hora, a publicação ganhou 17 mil curtidas. “Ninguém faz isso brincando, esse sucesso é profissionalismo”, falou, entusiasmado, o professor de Publicidade, Robson Fogaça.

Outro grande trabalho que a agência exerce está destinado a marca Colcci. Bennett contou que, uma vez por mês, ele junto aos funcionários da Aldeia vão às lojas Colcci para saber o que está acontecendo fora do meio digital. Assim eles têm a percepção do que esta faltando no Facebook da marca e agregando sempre o que o público quer. “Hoje, 90% das vendas da Colcci, é feita pelos shoppings online. Isso inveja outras marcas.”

O conteúdo ministrado na palestra contribuiu para o conhecimento da acadêmica Bruna Kobus. “A palestra de hoje agregou muito para a minha vida profissional, pois eu trabalho com mídias sociais e eu pude saber como o público vê a marca na internet”, comenta a acadêmica de Jornalismo.

O publicitário compartilhou uma dica de trabalho com os acadêmicos que logo estarão no mercado de trabalho. “Se vocês querem se dar bem no mercado de trabalho, estudem SEO e Monitoramento, falta muito profissional nessa área.”

A desconstrução dessa ideia de que “na internet tudo é fácil”, deixou os acadêmicos mais empolgados para adquirirem novos conhecimentos com as próximas palestras.

Semana da Comunicação: Marca “Uniuv” é reconstruída pelos alunos de Publicidade e Propaganda

Bruna Kobus – acadêmica de Jornalismo do 6º semestre 

Mão na massa!

Os dois primeiros dias da Semana da Comunicação foram bem agitados para os alunos do curso de Comunicação Social do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv). Na segunda-feira, 7, a agência de publicidade e comunicação digital Glóbulo, apresentou seu trabalho e alguns conceitos da Agência.

Durante a palestra, Alex Lima e Manuella Paula falaram sobre os Brands: Brand Essence; Brand Concept; Brand Design e Brand Presentation. Também conversaram com os alunos sobre a importância de trabalhar o cliente para as promessas, elas devem ser algo a ser cumprido. É o que explica Lima: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Já na terça-feira, 8, os alunos tiveram de correr contra o relógio para conseguir finalizar as tarefas do Workshop da Glóbulo. Várias idéias foram repassadas para os alunos durante as apresentações da primeira noite, mas essas idéias tinham de ser colocadas em prática. Por isso a noite de terça-feira foi bem trabalhada.

Os alunos de Publicidade e Propaganda receberam a tarefa de desconstruir e reconstruir a marca de um cliente. Mas, o que eles não esperavam é que iriam trabalhar conceitos para a Uniuv. Acompanhe a fala do professor do Curso, Robson Fogaça: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O trabalhão foi “pancadão”, segundo a publicitária da Glóbulo, Manuella –  Manu. O que é feito em quatro meses com um cliente, foi transformando em oito horas de Workshop, mas na Uniuv a adaptação foi bem mais radical, os trabalhos dos alunos tiveram de ser realizados em um período de três horas. É o que explica Manu.http://youtu.be/9fGI99E95RY

Alex também falou um pouco sobre o objetivo do Workshop e elogiou o Curso que obteve nota máxima no Enade. http://youtu.be/5yNJeaWAPx0

Para o aluno de Publicidade Olavo Contim, a Semana de Comunicação é um escape do mundo virtual: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Mas, não foram somente os alunos que participaram das atividades, egressos também prestigiaram o Workshop. Luiz Stork que já é formado e atua na área como freelancer foi um deles: 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Fotos: Lúcio Passos 

Além da Glóbulo, Rodrigo Lóssio da Dialetto também ministrou palestra para os alunos de Jornalismo e realizou um Workshop em Assessoria de Imprensa e Marketing Digital.

Lembrando que a Semana ainda não acabou, hoje à noite tem mais!

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Semana da Comunicação: Workshop de jornalismo tem resultados positivos

Repórter: Mayara Luana Mugnol –  acadêmica do 6º semestre de Jornalismo Uniuv

 

Semana da cmuncacao 02

Novidades, interação, conhecimento e inovação. Foi assim que a segunda edição da Semana da Comunicação começou. Diferente do ano anterior, essa edição conta com um caráter mais dinâmico já nos dois primeiros dias do evento.

Os workshops realizados nos dias 7 e 8 substituíram o Madrugadão Criativo (uma noite inteira de atividades desenvolvendo projetos envolvendo a comunicação).

As duas agências convidadas para ministrar os workshops trabalharam com comunicação estratégica. A Glóbulo faz o diagnóstico e posicionamento de marcas que já estão no mercado, e a Dialetto trabalha com assessoria de comunicação segmentada em tecnologia. Ambas são de Florianópolis, Santa Catarina.

Na segunda-feira, 7, os trabalhos começaram com palestras. O publicitário Alex Lima, da empresa Glóbulo, e Rodrigo Lóssio, diretor e jornalista da agência Dialetto falaram sobre os produtos que ambas vendem aos seus clientes. A troca de conhecimento proporcionou aos acadêmicos uma base para desenvolver os trabalhos na prática.
Na terça-feira, 8, os workshops foram realizados. Os acadêmicos de Publicidade e Propaganda fizeram o workshop com L ima e Manuella Paula, da Glóbulo, e os acadêmicos de Jornalismo com  Lóssio – Dialetto

O workshop de jornalismo foi dividido em duas partes. Na primeira, Lóssio fez a parte teórica, falando sobre assessoria de imprensa, marketing digital e relações públicas. A segunda, foi a vez dos alunos colocarem em prática os conceitos para desenvolver dois projetos estratégicos. Um sobre assessoria de imprensa e outro sobre marketing digital.
Distribuídos em dois grupos, com alunos de todos os períodos do curso, os acadêmicos tiveram pouco menos de uma hora para montar um planejamento estratégico de um cliente fictício e apresentar o projeto.
Para a acadêmica do sexto período de Jornalismo, Bruna Werle de Oliveira, mesmo com pouco de tempo para desenvolver o projeto, o workshop foi bem proveitoso. “A gente conseguiu conciliar o que aprendeu em sala de aula com o que ele explicou e aplicar para construir o projeto,” conta a acadêmica.
Lóssio ressalta que foi uma experiência muito bacana. Foi a primeira vez em que fez um workshop repassando o dia a dia e o trabalho de uma empresa de assessoria de imprensa. Ele destacou também que o resultado final dos trabalhos desenvolvidos pelos acadêmicos foram concluídos com bastante conteúdo.  Para ele, isso reforça que o aprendizado repassado aos alunos está alinhado com as exigências do mercado de trabalho.  ” Os alunos estavam muito bem preparados, isso mostra o processo de formação que os alunos estão tendo”, explica Lóssio.

 

Estudos teóricos são complementados por trabalhos práticos

Repórter: Mayara  Luana Mugnol – acadêmica do 5º semestre de Jornalismo

cobaia

 

Produzida pelos acadêmicos de Jornalismo do sexto semestre de 2012, a segunda edição da Revista Cobaia abrange pautas que vão desde a aventura de brasileiros quem moram fora do País, até um perfil com um cantor e compositor de Cruz Machado.

A parte de produção está praticamente finalizada e o lançamento será em breve.

Para saber mais acompanhe a reportagem com o acadêmico do sétimo semestre de Jornalismo, Rodrigo Reis.

matéria blog mayara ok

Palestrantes inspiram acadêmicos na Semana da Comunicação

Repórter: Thais Lima – acadêmica do 6º semestre de Jornalismo – Uniuv
Comemorando os dez anos dos cursos de Comunicação Social do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), o corpo docente preparou uma semana repleta de atividades com o objetivo de oferecer aos acadêmicos momentos de descontração e inspiração. Entre os dias 13 e 16 de agosto, a Uniuv recebeu quatro palestrantes que trouxeram consigo toda a sua história e experiência, alcançando o intuito visado pelos professores e encantando os alunos.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Semana de Comunicação promete inspirar futuros comunicólogos

Repórter: Karoline Bertotto – acadêmica do 6º semestre de Jornalismo Uniuv

A semana de comunicação já é um dos assuntos mais comentados nas rodinhas de conversa dos alunos de Comunicação Social da Uniuv. O segundo semestre, aquele que promete inspirar a produção, já tem eventos marcados, entre os quais, uma semana quase que intensiva para os alunos de Comunicação Social  trocarem conhecimento com grandes profissionais e experimentarem na prática um pouco da vida profissional que os espera. “Em conjunto com as professoras Julliana e Fahena, iniciamos a discussão dessa proposta e os trabalhos estão a pleno vapor para fazermos uma semana de muita inspiração para todos os nossos “comunicólogos”!”, conta o principal organizador do evento, o professor de Publicidade e Propaganda, Robson Fogaça.

Robson explica que a escolha dos profissionais que palestrarão nos quatro dias foi feita a partir de sua agenda de contatos e que entre eles estão amigos e um ex-colega de faculdade. “O primeiro deles é o Gui Neves, que deverá falar sobre Storytelling. Um dos assuntos mais em voga na temática de comunicação e empresarial desde o início deste ano. A segunda é a Carol Marins, que por uma feliz coincidência, ao fazer o convite, descobri que tem sua origem em União. Ela é formada em Cinema pela escola de Cuba e trabalha com produção audiovisual há bastante tempo. O terceiro é o Santiago Andres. Foi meu colega de faculdade e abriu uma agência de publicidade em Porto Alegre há pouco mais de uns cinco anos. E é justamente sobre esse desafio, o de empreender, que queremos que ele venha falar.”, apresenta.

Rafa Dias é o último convidado. Diretor de TV da MTV e Multishow, lançou ainda esta semana um projeto 100 % para web que se chama “Programa de um cara só”. Rafa tem grande experiência em construção de conteúdo e é formado nessa área pela Universidade do Canadá.

O objetivo das palestras, que devem ser realizadas na sala de eventos da Uniuv, é que, em comemoração aos 10 anos do curso de Comunicação Social da Uniuv movimentem-se eventos e projetos que venham a envolver os alunos. “Se for pra resumir em uma única palavra, minha expectativa é: inspirar”, afirma o professor.

 Madrugadão criativo

No último dia, na sexta-feira, 17, os alunos terão uma atividade bem diferenciada. Isso porque passarão a madrugada na faculdade, desenvolvendo uma espécie de oficina de criatividade. “A proposta é uma concorrência entre agências – coisa comum no mercado – onde um cliente apresentará o seu briefing para as agências que serão formadas por grupos de alunos”, explica Fogaça.

A ideia é que esses grupos sejam formados com alunos de todos os semestres de Comunicação para que haja, justamente, uma mescla de potencialidades. “De nada adianta ter em uma agência cinco redatores e nenhum diretor de arte. O ideal é que os talentos se mesclem e que as capacidades se somem para que o resultado final seja o melhor possível”, afirma.

O briefing será liberado por volta das 20h e 30min, mas antes serão dadas algumas explicações. Os alunos terão a noite e a madrugada para o desenvolvimento da proposta de campanha de cada uma dessas agências. No café da manhã de sábado, por volta das 9h30min, o cliente estará presente para ver as propostas e escolher a campanha que irá trabalhar. “O objetivo maior dessa oficina é dar oportunidade aos alunos de trabalharem com um cliente real, com um tempo real (de mercado), com o apoio dos professores e a “gincana” de uma madrugada de trabalho. Será uma balada incrível! Tenho certeza!”, afirma Fogaça.

Enquanto todos os semestres preparam suas propostas e campanhas, os alunos do sexto de Jornalismo estarão presentes fazendo uma cobertura simultânea de tudo o que estará acontecendo durante a madrugada de produção. “Nós abriremos um link especial vinculado ao Blog de Comunicação do curso para a cobertura do madrugadão”, explica a professora e responsável pela coordenação do blog, Ana Cristina Bostelmam.

Os professores ainda preveem um ambiente onde os alunos possam fazer um intervalo de descanso. E por volta das 3 horas da madrugada, o coordenador do curso de Jornalismo, o professor, Lúcio Passos, fará uma sopa que ficará disponível aos alunos participantes do evento.

“As minhas expectativas são grandes em relação ao madrugadão. Penso que o evento proporcionará novas experiências, além do aprendizado geral e do trabalho em equipe, acredito que será bem divertido, por ser uma atividade diferente, teremos a interação com os acadêmicos do curso de outros anos e também com os professores.”, acredita o acadêmico do sexto de Jornalismo, Marcelo Kloczko.